AL: um continente muito aquém da notícia
Livro analisa o isolamento da América Latina no jornalismo brasileiro
Jornalismo no estado da arte
O novo jornalismo, assim como a arte o fez em tempos pós-modernos, rompe com as tradições
FOTOJORNALISMO RESUME E REGISTRA O CONTURBADO ANO DE 2017
XIII Mostra Anual de Fotojornalismo será inaugurada na próxima 2ª feira – 09/07/2018 – no Conjunto Nacional, em São Paulo
O Jornalista nas Redes Sociais é o curso da APJor em julho
O foco do curso será a importância de conhecer e saber usar as redes sociais

Como estudante de jornalismo pude perceber o quão grande é a diferença entre homens e mulheres em sala de aula. As mulheres dominam a sala, passeiam por diferentes áreas do conhecimento e anseiam por editorias no jornalismo totalmente diferente das dos homens. A maioria deles, porém não todos, desejam a tão sonhada vaga na redação de um veículo de esportes ou games.

Em um período tão forte de luta por igualdade de gênero, o cenário visto nas faculdades também não foge da realidade das redações. São poucas as professoras que nos assistem, a maioria dos professores ainda são homens. Onde estão as mulheres no jornalismo?

Essa pergunta pode ficar um pouco sem sentido quando paramos para analisar alguns veículos jornalísticos da televisão brasileira. A Rede Globo, por exemplo, vem adotando uma conduta mais igualitária. Em programas como Jornal Hoje, Jornal Nacional e até mesmo o Fantástico, possuem âncoras mulheres, como Sandra Annenberg e Renata Vasconcellos.

Porém, fora das câmeras a realidade é bem diferente. Já fui avisada por professores que certos veículos, principalmente o de esportes, ainda são extremamente machistas ao contratarem mulheres para algum cargo na redação. Se houver um homem e uma mulher com as mesmas capacidades e de formações iguais, a vaga com certeza será preenchida pelo homem, afinal “homem sabe mais de esporte”.

O que poucos sabem é que mesmo com tantas dificuldades de assumirem cargos iguais e fazerem sua carreira tal como seus colegas de trabalho, alguns jornais são protagonizados por muitas mulheres, inclusive em cargos mais altos. É o caso do Valor Econômico, portal de grande influência na área da economia no Brasil, que possui como uma de suas diretoras-executivas Célia Gouvêa Franco, além de Vera Brandimarte como diretora de redação.
Para chegar em cargos como esses, sem dúvidas houveram muitas dificuldades e preconceitos. Não é de hoje que mulheres são superestimadas e muitas vezes acusadas de usarem seu “poder feminino” para conseguirem algo em troca.

Seja falando sobre esportes, moda, cultura, games ou economia, as mulheres sempre são capazes de fazer um bom trabalho e tem muito para mostrar nessa nova era do jornalismo digital, onde tudo é cada vez mais ágil e prático. Esperamos, então, que todo esse cenário mude, e que muitas mulheres continuem fazendo seus nomes no meio jornalístico, como Eliane Brum, Monica Bergamo, e tantas outras que ainda estão por vir.

Gabriela Giacomini – Faculdade Anhembi Morumbi 

 

0
0
0
s2smodern

Jornalismo

FOTOJORNALISMO RESUME E REGISTRA O CONTURBADO ANO DE 2017FOTOJORNALISMO RESUME E REGISTRA O CONTURBADO ANO DE 201710 Jul 2018 20:49 - ARFOC-SP

XIII Mostra Anual de Fotojornalismo será inaugurada na próxima 2ª feira – 09/07/2018 – no Conjunto Nacional, em São Paulo

Leia Mais...
Jornalismo no estado da arteJornalismo no estado da arte04 Jul 2018 23:22 - Celso Bacarji

O novo jornalismo, assim como a arte o fez em tempos pós-modernos, rompe com as tradições, avança sobre novos materiais e linguagens e abre para o expectador a possibilidade de participar do ato de sua criação

Leia Mais...

Jornalistas

O Jornalista nas Redes Sociais é o curso da APJor em julho O Jornalista nas Redes Sociais é o curso da APJor em julho 22 Jun 2018 01:27 - Fred Ghedini

  O foco do curso será a importância de conhecer e saber usar as redes sociais

O curso acontece no sábado, 28 de julho, das 9h00 às 17h00, com intervalo para almoço. Terá como docente Flávio Munhoz, jornalista com especialização em Política, Economia, Cultura e Mídias Sociais e atualmente é coordenador do Portal e do núcleo de Redes Sociais da Câmara Municipal de São Paulo. 

Leia Mais...
Economia e Sustentabilidade para Jornalistas Economia e Sustentabilidade para Jornalistas 20 Abr 2018 14:40 - Fred Ghedini

Curso da Associação Profissão Jornalista (APJor).
Início em 19 de maio Realizada em junho de 2012, a Conferência Rio+20 da ONU aproximou a opinião pública do debate global em torno da transição para uma economia de baixo carbono, limpa, circular e inclusiva. Com a Rio+20, a agenda do desenvolvimento sustentável passou a ser mais valorizada pela sociedade, inclusive dentro das redações.

Leia Mais...