O falecimento de Audálio Dantas, logo após o de Alberto Dines, deixa-nos diante de um aprofundado sentimento de perda.

Nós, da Associação Profissão Jornalista, lamentamos a morte de alguém que encarnou tão bem a profissão. Dono de um caráter ilibado, Audálio foi um excelente jornalista, tendo demonstrado um amor incansável às boas práticas da profissão.

Encarou de frente suas responsabilidades como trabalhador da imprensa, como autor e como líder nos momentos mais difíceis. Um cidadão brasileiro exemplar. Admirável ser humano.

Uma vez que nossa perspectiva é debater com os colegas um jornalismo ético e plural, inclusive com a retomada da discussão sobre o conselho profissional dos jornalistas brasileiros, acumulam-se as razões para termos em Audálio um exemplo a ser sempre lembrado.

Que o carinho, a admiração e o amor que temos por Audálio Dantas possa envolver seus entes queridos. Estamos juntos na luta por um mundo melhor, por uma Brasil mais justo, mais bem informado e, portanto, profundamente democrático.

São Paulo, 30 de maio de 2018.

Associação Profissão Jornalista - APJor.

 

(Crédito da foto: Cadu Bazilevski/SJSP)

0
0
0
s2smodern