A diretoria da Associação Profissão Jornalista enviou carta ao jornal Folha de S. Paulo prestando solidariedade ao veículo e seus funcionários tendo em vista os ataques feitos pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.

Antes e depois da eleição Bolsonaro se incomodou com reportagens da Folha relativas à sua vida pessoal, de parlamentar e também questões da campanha eleitoral. Em entrevista à TV Globo, o presidente eleito chegou a dizer que a imprensa que “mentir” não terá “apoio do governo”,

Abaixo, a íntegra da nota da APJor:

 

À Folha de S. Paulo

Ao sr. Luiz Frias, presidente,

Aos jornalistas Maria Cristina Frias, diretora editorial e de redação e Sérgio Dávila, editor executivo,

A Associação Profissão Jornalista oferece a sua solidariedade ao jornal Folha de S. Paulo, a seus jornalistas e funcionários em geral, diante das ameaças feitas em mais de uma ocasião pelo recém-eleito presidente da República Jair Bolsonaro.

 

São Paulo, 01 de novembro de 2018

  1. A)Fred Ghedini, presidente.
0
0
0
s2smodern