×

Erro

[OSYouTube] Alledia framework not found

Para 71,9% dos jornalistas, informações publicadas nas redes sociais são pouco confiáveis. Apenas 28,10% dos pesquisados avaliaram como confiável o conteúdo publicado nestes ambientes digitais.

No entanto, 55,10% dos respondentes declararam se pautar pelas redes socais, contra 44,9% que se colocaram em situação oposta.

Entre os que não se pautam pelas redes sociais, 52,40% dos jornalistas declararam que só confiam na informação quando falam direto com a fonte; 33,30% que não confiam na veracidade das informações das redes sociais; 6,40% que as redes sociais não têm credibilidade; e 7,90% que as redes sociais não são feitas por jornalistas.

Esses são os principais resultados da pesquisa “O Jornalista e a Comunicação Digital”, realizada pelo Grupo de Comunicação Digital (GCD), que tem como fundadores os jornalistas Rodrigo Capella, João Luiz Marques, Eduardo Micheletto e Rosangela Lopes.

A pesquisa teve como objetivo investigar de que forma os profissionais de comunicação se pautam por canais e plataformas digitais no momento do desenvolvimento de seus trabalhos e foi respondida por mais de 130 jornalistas, durante os meses de maio e outubro de 2018.

O GCD visa analisar em profundidade a relação do jornalista com a comunicação digital. O Grupo tem desenvolvido, desde 2016, estudos, pesquisas e análises de grande importância para a comunicação digital.

Os fundadores do projeto dedicam-se ao estudo de forma independente e imparcial, cujo foco é unicamente agregar conhecimentos, transformando pesquisa em resultados e, assim, contribuindo para os processos de apurações jornalísticas.

O Grupo de Comunicação Digital atende no e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e, também, nas redes sociais.

0
0
0
s2smodern